11.17.2020
Blogs

INSIGHTS TechHuman: a nova era dos negócios

mulher com oculos de VR

Uma relação mais harmônica com a tecnologia é um dos legados da pandemia de COVID-19, que levou muitas empresas a acelerarem a digitalização de seus serviços. Pesquisa da Dentsu Aegis Network com 32.000 respondentes, de 22 países, analisa como esse fenômeno vem contribuindo para uma interação mais positiva com as interfaces digitais. 

 

O relatório mostra como as pessoas estão mais dispostas a recorrer a produtos e serviços digitais, em comparação com o ano passado: 74% estão mais propensas a usar aplicativos financeiros; 72% a fazer compras online; 72% a ouvir música por meio de serviços de streaming; 69% a assistir TV por meio de serviços de streaming; 49% a usar um app para chamar um táxi.

 

Durante a pesquisa, os entrevistados selecionaram os principais impactos da tecnologia sobre sua saúde e bem-estar. Os fatores mais citados são todos positivos: a tecnologia aproxima as pessoas de amigos e familiares; contribui para relaxar e proporcionar momentos de prazer; promove o conhecimento e o desenvolvimento de novas competências; e ajuda as pessoas a monitorar a saúde. 

 

Há que se considerar, naturalmente, que ainda existem problemas e resistências a serem vencidos. Entre os impactos negativos da tecnologia, os entrevistados mencionaram a dificuldade de se desconectar; a deterioração de relacionamentos com outras pessoas; e bullying online, entre outros.

 

Para aproveitar de forma relevante esse crescimento do uso da tecnologia durante a pandemia, o estudo aponta algumas estratégias fundamentais, entre as quais destacamos: 

 

. Utilidade – as marcas devem usar a tecnologia para ajudar as pessoas a melhorar suas condições de vida e facilitar seu cotidiano – particularmente no que se refere à saúde e ao bem-estar, preocupações que se tornaram ainda mais fortes entre os consumidores a partir da pandemia. 

 

. Disponibilidade – as marcas precisam estar disponíveis, mas não onipresentes. A pesquisa revelou que 4 em cada 10 pessoas consideram anúncios personalizados invasivos – o que representa uma alerta para a forma como as marcas trabalham o engajamento e a personalização.

 

. Experiências imersivas – com o desenvolvimento de tecnologias como AR e VR e um maior acesso a esses recursos, as marcas devem explorar essas tecnologias para conhecer melhor seus clientes e proporcionar experiências cada vez mais completas, envolventes e precisas. 

 

. Brand-building: na medida em que expandem sua atuação no e-commerce, as marcas precisam encontrar maneiras de se diferenciar e proporcionar experiências humanas e positivas por meio dos canais digitais – em sintonia com as expectativas dos consumidores com relação a autenticidade, empatia e engajamento pessoal. 

 

. Segurança – com o aumento do consumo digital, crescem também as ameaças à privacidade e ao tratamento dos dados dos clientes, exigindo das marcas um esforço cada vez maior para assegurar ambientes e transações seguras. Há uma cobrança crescente, também, com relação ao combate à desinformação.

 

A chegada do 5G, quinta geração de telefonia móvel, terá um impacto enorme no consumo de produtos e serviços digitais e na construção de relações positivas e perenes entre as marcas e seus clientes, por meio da tecnologia. Para ajudar as marcas a explorar com propriedade, criatividade e segurança todas as possibilidades que se abrem nesse contexto, a Verizon Media oferece sofisticadas e inventivas soluções em experiências imersivas. Pioneira na implantação da rede 5G nos Estados Unidos, a companhia conta com uma rede de estúdios 5G espalhados pelo mundo: são os Verizon Media 5G Labs, espaços de inovação e exploração de tecnologias emergentes, com foco em conexões cada vez mais potentes e sustentáveis entre as marcas e as pessoas. 

 

  • Anuncie aqui
  • Find the right advertising solutions for your business.
  • Join us
  • Spend every day connecting people with the things they love.
  • Siga-nos
© 2020 Verizon Media. All Rights Reserved